ATUALIZAÇÃO – Operação Desmico em Saquarema

blank
Foto: Paulo Veiga/Inter TV

O Portal Saquarema TV aguardou mais de 24 horas para postar a atualização da Operação Desmico deflagrada nesta quinta-feira (20) em Saquarema pelo Ministério Público do Rio de janeiro e da Polícia Civil, afim de aguardar maiores informações e repassar aos leitores, texto que posam ser incluídos na matéria anterior.

Segundo a força-tarefa do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e da Polícia Civil do RJ, em dois pequenos escritórios em Saquarema funcionavam mais de mil empresas-fantasma que usufruíam de benefícios fiscais ilegais concedidos pelo então prefeito Antonio Peres Alves, em leis complementares.

“Passados 13 anos da minha gestão, recebo com perplexidade essa busca e apreensão em residência, sem em nenhum momento tomar conhecimento de nenhum processo contra mim. Sem ter oportunidade de exercer defesa, e sem saber do que fui acusado”, afirmou o ex-prefeito em nota.

Referente as leis complementares que concediam benefícios fiscais
Em nota, Antonio Peres Alves afirmou que criou a lei com o objetivo de melhorar a arrecadação do município, para fazer frente às demandas crescentes em relação à Educação e Saúde.

“O objetivo foi alcançado melhorando em muito a arrecadação, atraindo centenas de empresas de prestação de serviços para a cidade. A lei foi votada pelo Legislativo é só trouxe benefícios para nossa cidade”, defendeu o ex-prefeito, acrescentado que “Minha participação como prefeito foi a criação da lei. Não tenho conhecimento do que as referidas empresas realizaram em suas atividades”, declarou.

Já a Prefeitura de Saquarema informou que:
A operação deflagrada pelo Ministério Público não é referente à atual gestão e não envolve a atual prefeita, Manoela Peres. A nota diz ainda que “a lei de incentivo fiscal foi criada em 2003, gerando novas receitas para o município. A legislação foi inspirada nos municípios de Barueri-SP e Rio Bonito-RJ. Se alguma empresa usou a lei para se beneficiar de forma ilegal, não cabe à Prefeitura a responsabilidade do ato”.

Fontes: G1 e Agência Brasil

 

A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Portal Saquarema TV e do autor. Para uso de arquivos de vídeo ou fotos devem ser creditadas com o nome do  proprietário citado na matéria e Saquarema TV

=========
Quer informar um evento, pessoas e/ou animais desaparecidos ou o que acontece no seu bairro, na sua rua?
Envie para o whatsapp (21) 99887-0188
https://wa.me/5521998870188

Grupo (Whatsapp) exclusivo para recebimento de notícias Saquarema TV:
https://chat.whatsapp.com/EpvPgx59xaMGhG4QkqSIRY

Grupo (Telegram) exclusivo para recebimento de notícias Saquarema TV:
https://t.me/saquarematv

=========

#saquarema #saquarematv #regiaodoslagos #comunidade #turismo #cultura #arte #trabalho #segurança #saqua #saquatv #riodejaneiro #lindapornatureza

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!