Cães podem ajudar no combate da Covid-19, diz estudo

blank
Foto: medicaldetectiondogs.org.uk/

Pelos cães possuírem uma capacidade olfativa até 100 mil vezes maior do que a dos humanos, eles já ajudam na detecção de algumas doenças, drogas e explosivos. Isso levou especialistas à estudarem a possibilidade destes animais conseguirem detectar também alguém infectado com o novo coronavírus.

Apesar do alto índice de detecção da doença, os erros cometidos pela força canina mostraram que o método não é 100% confiável, levando os cientistas a recomendarem como um processo de triagem.

A grande vantagem dos cães farejadores é a velocidade com que eles podem identificar o odor do vírus em uma pessoa.

Como parte de um experimento, cães foram treinados para reconhecer um odor específico produzido por pessoas infectadas pelo vírus, mas indetectável pelo olfato humano. Isso pode ser útil para triagem em aeroportos ou eventos de grande público.

Mas a aposta ainda precisa ser confirmada por novos experimentos, ressalvam os pesquisadores envolvidos. Até agora, seis cães foram treinados para reconhecer o cheiro produzido por pessoas com covid-19 através de meias usadas, máscaras faciais e camisetas de tecidos diversos.

Os cães ganhavam recompensas quando identificavam corretamente se a amostra era de um indivíduo com teste positivo ou negativo. Algumas das pessoas tinham vírus do resfriado comum, para garantir que os cães fossem capazes de distinguir a covid de outras infecções respiratórias. Os cães detectaram corretamente 88% dos casos de coronavírus – o que significa que, para cada 100 casos, os cães não reconheceram apenas 12 pessoas infectadas. Mas eles também sinalizaram incorretamente como tendo o vírus 16% das pessoas que não tinham covid-19.

Foto: medicaldetectiondogs.org.uk/

Claire Guest, diretora científica da instituição de caridade Medical Detection Dogs, que treinou os animais, afirma que os resultados são “mais uma evidência de que os cães são um dos biossensores mais confiáveis para detectar o odor de doenças humanas”.

Pesquisas recentes mostraram que cães – principalmente das raças spaniel e retriever – podem detectar os cheiros característicos de doenças incluindo câncer, mal de Parkinson e malária. Na pesquisa com a covid-19, os cães conseguiram farejar a doença mesmo quando ela era causada por diferentes variantes e quando a pessoa não apresentava sintomas, ou tinha apenas níveis muito baixos do vírus em seu sistema.

Dr Claire Guest, CEO of charity Medical Detection Dogs sits. Foto: Arquivo pessoal
Por Luiz Camões
Com informações de Medical Detection Dogs

 

A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Portal Saquarema TV e do autor. Para uso de arquivos de vídeo ou fotos devem ser creditadas com o nome do  proprietário citado na matéria e Saquarema TV
=========
Quer informar um evento, pessoas e/ou animais desaparecidos ou o que acontece no seu bairro, na sua rua?
Envie para o whatsapp (21) 99887-0188
https://wa.me/5521998870188

Grupo (Whatsapp) exclusivo para recebimento de notícias Saquarema TV:
https://chat.whatsapp.com/EpvPgx59xaMGhG4QkqSIRY

Grupo (Telegram) exclusivo para recebimento de notícias Saquarema TV:
https://t.me/saquarematv

=========

#saquarema #saquarematv #regiaodoslagos #comunidade #turismo #cultura #arte #trabalho #segurança #saqua #saquatv #riodejaneiro #lindapornatureza

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!