Campanha Brasileiros pelo Brasil leva alimentos da agricultura familiar a quem precisa — Português (Brasil)

blank

O Governo Federal a fim de fazer a ligação entre quem planta e produz e quem está em situação de vulnerabilidade e precisa de alimento, por meio da Fundação Banco do Brasil, lançou a campanha Brasileiros pelo Brasil, nessa terça-feira (19).

A conexão entre os dois pontos ocorre por meio da compra de produtos de pequenos produtores rurais para distribuição de cestas de alimentos às famílias que precisam. Neste primeiro momento, 110 mil cestas de alimentos chegam a mais de 440 mil pessoas.

“Essa é uma ação que tem um objetivo muito nobre de juntar os agricultores familiares de todo o Brasil a quem precisa, aqueles que estão vulneráveis em nossa economia”, disse o presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que o país tem mais de 4 milhões de pequenos agricultores que precisam ter o patamar de renda, de produção e de assistência técnica elevado. E colocou a pasta à disposição para auxiliar a campanha.

“Esse programa faz com que os pequenos agricultores produzam e tenham como entregar essas mercadorias para aqueles mais vulneráveis nas cidades que tanto precisam, com produtos de qualidade, que trazem a boa alimentação para a mesa dos brasileiros”, disse Tereza Cristina.

Os recursos arrecadados por meio da campanha Brasileiros pelo Brasil são destinados à aquisição de alimentos da agricultura familiar e itens para composição das cestas, além do apoio à cadeia produtiva com o incentivo à consolidação de modelos de negócios físicos e virtuais, autonomia financeira dos Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) da agricultura familiar, assistência técnica e capacitação.

Os dois lados beneficiados

O agricultor familiar Sebastião Pires é um dos que já integra o Brasileiros pelo Brasil. “Com a pandemia, a coisa aqui arruinou muito, a gente perdeu muita mercadoria. Esse projeto que veio do Banco do Brasil foi bom porque ajudou o que a gente plantou, colheu e vendeu. Com certeza, para quem está recebendo essa mercadoria também está sendo bom”, disse o agricultor em vídeo exibido durante o lançamento da campanha.

Do outro lado está Maria do Carmo, beneficiada com produtos. “Essa cesta que a gente recebe ajuda bastante. Saber que a gente está levando essa benção pra casa e tudo fresquinho, da hora, nossa, é maravilha”, disse Maria do Carmo.

Como participar

As doações são feitas por instituições parceiras e por qualquer cidadão que queira contribuir. Basta acessar a página da campanha para participar da iniciativa. São três formas de fazer a doação: Pix, transferência bancária e pontos Livelo que podem ser convertidos em doação.

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!