Governo Federal antecipa entrega de trilhos da Fiol para extensão até Barreiras — Português (Brasil)

blank

Viabilizado pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, o modelo de investimento cruzado, em que trechos de ferrovias são construídos como contrapartida para a renovação antecipada de concessão de outras estradas de ferro, começa a mostrar resultados. Chegaram a Salvador aproximadamente 20 mil toneladas de trilhos destinados ao trecho 2 à Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) no trecho II, com extensão até Barreiras (BA).

Nesta primeira remessa, estão chegando 20 mil toneladas de trilhos UIC 60 de fabricação chinesa pela empresa Angang Steel. A segunda remessa deve chegar em novembro, e o último carregamento é esperado para dezembro deste ano. A distribuição dos trilhos deverá ser feita prioritariamente entre os lotes mais avançados da FIOL II: os lotes 5 e 7.

PRODUÇÃO – Pela ferrovia, será escoado minério de ferro produzido na região de Caetité (BA) e a produção de grãos e de minério do oeste da Bahia pelo Porto Sul, complexo portuário a ser construído nas imediações da cidade de Ilhéus (BA). “A forma como aceleramos esse processo, pelo investimento cruzado, foi inédita. Uma compra tradicional atrasaria a obra em alguns meses. Ganhamos em prazo, flexibilidade e custos”, comemorou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

A remessa de trilhos é parte das obrigações de investimento assumidas pela Vale na renovação antecipada da concessão da Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM). O acordo, firmado em dezembro de 2020 entre a Vale, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Valec, também inclui a construção da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico).

FISCALIZAÇÃO – Técnicos da Valec acompanham o recebimento dos trilhos de fabricação chinesa acompanhados do Laboratório de Metalurgia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LAMEF), entidade com conhecimento e experiência técnica, responsável pelas inspeções visuais e dimensionais neste primeiro momento.  Posteriormente, serão recolhidas amostras para a realização dos ensaios para comprovação da qualidade dos trilhos. Cumprida essa etapa, a Valec fará a liberação de transporte do carregamento para o seu destino: os canteiros de obra.

Com informações do Ministério da Infraestrutura

 

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!