Itaú demite empregados que pediram auxílio emergencial

blank

Cerca de 50 funcionários foram demitidos sem justa causa; em nota, banco diz que prática caracteriza desvio de conduta

Em um comunicado interno repassado aos seus funcionários na quarta-feira (3), o banco Itaú informou que decidiu demitir empregados que solicitaram o auxílio emergencial pago pelo governo.

A informação foi confirmada pela coluna, que apurou ainda que foram cerca de 50 demissões, todas sem justa causa. Não foram especificadas as datas das demissões nem qual foi o procedimento para apurar o recebimento do auxílio pelos empregados.

Para ter direito ao auxílio emergencial pago pelo governo para ajudar as pessoas em dificuldades financeiras durante a pandemia, o cidadão não podia ter carteira assinada nem receber qualquer benefício do governo, com exceção do Bolsa Família.

Fonte: R7.com

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!