Bilhões de reais em repasses e renegociação de dívidas durante a pandemia permitiram o combate à covid, o salvamento de milhões de vidas e também a saúde financeira de estados e municípios

blank

 

 

A maior parte dos impostos dos brasileiros fica com o Governo Federal. Além disso, muitos estados e municípios foram prejudicados com a política irresponsável do “fecha-tudo”. Coube ao Governo Federal agir em seu socorro com repasses de recursos e renegociações de dívidas.

Não é defender o Governo, é falar a verdade.

E foram BILHÕES em repasses e renegociação de dívidas para ajudar estados e municípios no combate à Covid-19. Valor que salvou milhões de vidas e a saúde financeira de estados e municípios. Saiba tudo:

 

Repasses federais para combate à Covid-19 (dados do Portal da Transparência):

 

– Acre R$ 251,97 MILHÕES

– Alagoas R$ 980,51 MILHÕES

– Amapá R$ 302,24 MILHÕES

– Amazonas R$ 902,7 MILHÕES

– Bahia R$ 3.303,75 MILHÕES

– Ceará R$ 2.335,96 MILHÕES

– Distrito Federal R$ 2.907,2 MILHÕES

– Espírito Santo R$ 917,9 MILHÕES

– Goiás R$ 1.648,86 MILHÕES

– Maranhão R$ 1.807,6 MILHÕES

– Mato Grosso R$ 856,91 MILHÕES

– Mato Grosso do Sul R$ 686,04 MILHÕES

– Minas Gerais R$ 5.437,7 MILHÕES

– Pará R$ 1.689,12 MILHÕES

– Paraíba R$ 1143,61 MILHÕES

– Paraná R$ 2.547,89 MILHÕES

– Pernambuco R$ 2.206,28 MILHÕES

– Piauí R$ 976,82 MILHÕES

– Rio De Janeiro R$ 2.829,01 MILHÕES

– Rio Grande do Norte R$ 979,07 MILHÕES

– Rio Grande do Sul R$ 2.786,03 MILHÕES

– Rondônia R$ 383,23 MILHÕES

– Roraima R$ 227,02 MILHÕES

– Santa Catarina R$ 1.798,66 MILHÕES

– São Paulo R$ 9.137,02 MILHÕES

– Sergipe R$ 570,75 MILHÕES

– Tocantins R$ 437,8 MILHÕES

 

Pagamento de Auxílio Emergencial a cidadãos em cada estado:

– Acre R$ 1,6 bilhões

– Alagoas R$ 6,5 bilhões

– Amapá R$ 1,8 bilhão

– Amazonas R$ 8,1 bilhões

– Bahia R$ 30,1 bilhões

– Ceará R$ 18,1 bilhões

– Distrito Federal R$ 4,1 bilhões

– Espírito Santo R$ 6,6 bilhões

– Goiás R$ 11,8 bilhões

– Maranhão R$ 13,9 bilhões

– Mato Grosso R$ 5,9 bilhões

– Mato Grosso do Sul R$ 4,4 bilhões

– Minas Gerais R$ 31,8 bilhões

– Pará R$ 17,4 bilhões

– Paraíba R$ 7,8 bilhões

– Paraná R$ 16,1 bilhões

– Pernambuco R$ 19,4 bilhões

– Piauí R$ 6,7 bilhões

– Rio De Janeiro R$ 30 bilhões

– Rio Grande do Norte R$ 6,6 bilhões

– Rio Grande do Sul R$ 14,5 bilhões

– Rondônia R$ 3,2 bilhões

– Roraima R$ 1,2 bilhão

– Santa Catarina R$ 8,5 bilhões

– São Paulo R$ 65,2 bilhões

– Sergipe R$ 4,6 bilhões

– Tocantins R$ 2,7 bilhões

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!