Comitiva do Governo Federal visita áreas atingidas pelas chuvas no Rio de Janeiro — Português (Brasil)

blank

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, e os ministros da Cidadania, Ronaldo Bento, e da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, sobrevoaram de helicóptero as áreas atingidas pelas enchentes no estado do Rio de Janeiro, na tarde dessa segunda-feira (04/04). Fortes chuvas no fim de semana causaram 16 mortes em Angra dos Reis e Paraty, além de terem afetado milhares de pessoas. Em 48 horas, foram contabilizados 821 milímetros na Ilha Grande e 694 milímetros no continente.

Segundo o ministro Ronaldo Bento, mais de R$ 10 milhões da pasta já foram liberados para auxiliar os municípios afetados pelas chuvas. Além disso, o ministro detalhou os esforços que estão sendo feitos neste primeiro momento. “Estamos disponibilizando abrigo provisório para as famílias que estão desalojadas e desabrigadas, fazendo o acolhimento dessas pessoas para que elas possam se restabelecer e se reorganizar”, comentou.

Nessa segunda-feira, o Governo Federal reconheceu a situação de emergência em Paraty. O mesmo tinha sido feito com Angra dos Reis no domingo (03/04). Com a medida, os municípios podem pedir recursos para ações de resposta, como socorro, assistência humanitária e restabelecimento de serviços essenciais, além de reconstrução das áreas atingidas pelo desastre. As cidades serão atendidas por ata de registro de preço, que está em fase de licitação.

Desde dezembro, o Ministério da Cidadania entregou 2O mil cestas de alimentos ao estado do Rio de Janeiro para auxiliar os desabrigados pelas chuvas. O investimento na ação foi de R$ 2,17 milhões. A pasta integra a Força-Tarefa do Governo Federal para atuação emergencial nas áreas atingidas por calamidades.

Força-Tarefa

Uma equipe da Defesa Civil Nacional está em Angra dos Reis desde domingo para dar apoio à população atingida e auxiliar os gestores municipais nas solicitações de recursos federais. O Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou, ainda, o repasse de R$ 2,4 milhões para Angra dos Reis. Além disso, aeronaves das Forças Armadas transportam militares do Corpo de Bombeiros para as regiões mais afetadas.

Ao chegar ao 3º Comando Aéreo Regional, no Rio de Janeiro, o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, reuniu-se com o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, coronel Alexandre Lucas, sobre medidas de emergência para apoiar os desabrigados pelas chuvas no estado. “Como braço social do Governo Federal, o Ministério da Cidadania se faz presente para assistir os desabrigados e desalojados neste momento tão difícil”, disse.

Com informações do Ministério da Cidadania

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!