A Defesa Civil Nacional reconheceu a situação de emergência em mais nove municípios nos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Pará, Pernambuco, Piauí e Santa Catarina.  As cidades de Satuba, em Alagoas, Barreirinha, no Amazonas, Concórdia do Pará, no Pará, Quipapá, em Pernambuco, e São Bernardino, em Santa Catarina, tiveram as situações de emergência reconhecidas em virtude de chuvas intensas. Já Remanso e Coronel João Sá, na Bahia, Solonópole, no Ceará, e Betânia do Piauí, no Piauí, passam por estiagem.

A situação de emergência foi reconhecida por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira (07/07).

Os municípios que têm a situação de emergência reconhecida pela Defesa Civil Nacional podem solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional para atender a população afetada no restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

Para que o estado de emergência seja reconhecido é necessário que o prefeito ou governador da área afetada realize uma solicitação, que pode ser feita no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. Após análise das informações, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no Diário Oficial da União. Em caso de necessidade, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil poderá reconhecer sumariamente a situação de emergência.

A Defesa Civil Nacional já tinha reconhecido nesta semana as situações de emergência por desastres naturais em outros 36 municípios do Amazonas, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Santa Catarina.

Prevenção

Embora não seja possível evitar a ocorrência de fenômenos naturais, medidas de prevenção são importantes para minimizar os efeitos e evitar mortes. Assim sendo, o cidadão tem à sua disposição um serviço que pode evitar tragédias causadas por chuvas e deslizamentos. Por meio de mensagem SMS, a Defesa Civil Nacional envia alertas com informações antecipadas dos riscos de desastres e de eventos adversos para a região onde a pessoa mora.

Para se cadastrar no serviço, o cidadão deve enviar um SMS para o número 40199 com o CEP da sua residência ou área que deseja monitorar. O cadastro é instantâneo e o usuário recebe uma confirmação de que o seu celular está apto a receber alertas e recomendações da Defesa Civil.

O serviço é gratuito e para inserir mais de um CEP a ser monitorado, basta repetir o procedimento.

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!