Em expansão, Profesp e Projeto João do Pulo iniciam as atividades de 2022 — Português (Brasil)

blank

Na terça-feira (22/03), na Base Aérea de Brasília, ocorreu a cerimônia alusiva ao início das atividades do Programa Forças no Esporte (Profesp) e do Projeto João do Pulo (PJP), em âmbito nacional. As iniciativas do Governo Federal, por meio do Ministério da Defesa (MD), em parceria com outros ministérios, possuem caráter social, inclusivo e educacional e, só no último ano, expandiram, juntas, acima de 80% no número de beneficiados. Atualmente, os projetos contemplam mais de 31 mil pessoas.

O objetivo das ações é promover valorização pessoal; fortalecer a integração social e a cidadania, para crianças e adolescentes; além de reduzir os riscos social dos beneficiados, por meio do acesso à prática de atividades esportivas e socialmente inclusivas, realizadas em organizações militares, no contraturno escolar.

A cerimônia contou com a presença de representantes dos ministérios parceiros – Cidadania; Educação; e Mulher, Família e Direitos Humanos. Na ocasião, o Diretor do Departamento de Desporto Militar do MD, Major-Brigadeiro do Ar João Campos Ferreira Filho, realizou apresentação sobre as atividades desenvolvidas pelo Profesp e pelo PJP no ano de 2021 e sobre os resultados obtidos.

Para o Secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto (SEPESD/MD), Tenente-Brigadeiro do Ar R/1 Jeferson Domingues de Freitas, o resgate do valor da vida e a transformação dos beneficiados são o combustível para que os projetos aconteçam. “Esses programas cativam qualquer pessoa. Não tem como não se apaixonar. Aqui, esses jovens começam a ver que tem a oportunidade que eles precisavam”, destacou.

Suzanna Silva, 10 anos, é moradora do Riacho Fundo, no Distrito Federal, e participa do Profesp na Base Aérea de Brasília. Ela contou a respeito da felicidade de poder voltar às atividades do programa após a crise sanitária da Covid-19. “Eu senti muita falta dos esportes, principalmente, do basquete. Já falei para algumas pessoas que faço parte do programa e que, aqui, eu aprendo muita coisa”, disse.

Ao final da cerimônia, os presentes puderam visitar as oficinas educacionais do núcleo do Profesp da Base Aérea de Brasília, no campo de futebol e na quadra poliesportiva.

Iniciativas

Lançado em 2003, o Profesp é desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com os Ministérios da Cidadania; da Educação; e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O programa é destinado ao atendimento de crianças, adolescentes e jovens de ambos os sexos, a partir dos seis até os 18 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social.

As instituições parceiras contribuem com o custeio da alimentação, do pagamento dos professores, da compra de material esportivo e de uniformes. A atividade ocorre em, aproximadamente, 140 localidades do país, com atividades diversificadas. Há basquetebol; futebol de campo; atletismo; capoeira; ginástica rítmica, artística ou olímpica; artes marciais; natação; hipismo; vela; remo; canoagem; jogos de tabuleiro; e brincadeiras de rua. Oferece, ainda, reforço escolar, com preparação para concursos, atividades com música, coral, teatro, visita a museus e promoção da cidadania e do civismo.

Criado em 2015 e integrado ao Profesp, o Projeto João do Pulo também é desenvolvido nas organizações militares das Forças Armadas. No início, o PJP era voltado somente para militares, com o objetivo de reintegração social daqueles que haviam adquirido deficiência física em consequência de acidentes ou enfermidades. Em 2019, o projeto expandiu para receber pessoas da sociedade civil, por meio de parcerias com os ministérios participantes do Profesp e com organizações, como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e a Associação Vencedores Adaptados (AVA). Entre as atividades oferecidas, há o esporte adaptado de equoterapia e ações socioinclusivas.

 

Com informações do Ministério da Defesa

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!