As formações disponibilizadas pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), de forma gratuita aos profissionais da educação, foram abordadas em três oportunidades na Semana Pedagógica 2022. No segundo dia, o coordenador-Geral de Formação de Professores, Alexandre Guilherme, da Secretaria de Educação Básica (SEB), destacou os principais lançamentos de 2021, gratuitos e oportunos para os profissionais que ainda não se inscreveram.

Ele destacou os programas Educação Financeira e Educação Empreendedora, os quais preparam os docentes para inserir esses temas nas suas aulas, usando a interdisciplinaridade. O objetivo é capacitar os estudantes na tomada de decisões de forma responsável, ética e sustentável, ao longo de toda a fase adulta.

O coordenador Alexandre enfatizou o Programa Impulsiona, que apresenta diversas formas de se trabalhar Educação Física, Esportiva e Paralímpica com os estudantes da Educação Básica. O objetivo das formações é introduzir novas modalidades e desenvolver competências socioemocionais por meio da atividade física.

Bem-Estar no Contexto Escolar, que já está com 90 mil inscritos, foi um conteúdo gerado para atenuar impactos psicológicos gerados pela crise sanitária da Covid-19, por conta do ensino remoto e do isolamento social. A formação fala de saúde mental e emocional, de forma a auxiliar diretores, professores e famílias a desenvolverem uma estratégia de bem-estar.

Outra formação oportuna para o momento é Educação e Tecnologia, com 180 horas. O objetivo é ajudar os professores no uso pedagógico dos recursos tecnológicos. “Está com 57 mil inscritos e foi muito aceito pelas redes”, afirmou o coordenador Alexandre.

Ele anunciou que, em fevereiro, será lançada a Formação para Acolhimento de Imigrantes e Refugiados, voltada para professores que atuam com esses alunos e precisam saber como integrá-los na escola e na sociedade.

Formação para professores do Ensino Médio é destaque do terceiro dia

O ano de 2022 marca uma grande virada para o Novo Ensino Médio. Foram disponibilizadas 900 horas de formações, para auxiliar os professores a atuarem de forma interdisciplinar e com foco no desenvolvimento de competências. Há, também, muitas sugestões práticas para implementação com os alunos do Novo Ensino Médio.

São 5 formações de 180 horas: Linguagens e Suas Tecnologias, Matemática e Suas Tecnologias, Ciências da Natureza e Suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Mundo do Trabalho. A partir de fevereiro, o docente que concluir duas formações (totalizando 360 horas), sendo uma delas Mundo do Trabalho obrigatoriamente, receberá certificado de especialização lato sensu concedido pela Universidade Federal do Piauí. São 67 mil certificações disponíveis.

Profissionais de creches e pré-escolas

Destaque para os profissionais da Educação Infantil, a formação voltada para esse público, lançada há 3 meses, já alcançou 103 mil inscritos. Com 200 horas de curso, atende às metas 1 e 16 do Plano Nacional de Educação, e traz conceitos e práticas mais modernas para desenvolvimento de competências em bebês e crianças.

Todas as formações citadas são gratuitas e autoinstrucionais e estão disponíveis em: 

Avamec e Educação Empreendedora

Acesse o canal do MEC no Youtube para assistir aos vídeos da Semana Pedagógica 2022.

Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!