Validação bancária visa aumentar o nível de segurança das contas no gov.br — Português (Brasil)

blank

Serviços públicos de relevante acesso oferecidos na plataforma digital de relacionamento do cidadão com o Governo Federal, o gov.br, passarão a exigir neste mês de março níveis mais altos de segurança para validação. É o caso do ‘Valores a Pagar’, do Banco Central, e daqueles disponíveis no e-CAC, da Receita Federal. Essa atualização das exigências de segurança ocorre com serviços que envolvem o acesso de informações sigilosas ou o pagamento de benefícios pelo Governo, como, por exemplo, alguns do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Uma ação prática para aumentar o nível de segurança nas contas do gov.br é a validação bancária.

Medidas como essa, que ampliam a segurança na identificação do contribuinte, são importantes para evitar fraudes contra os cofres públicos e contra o próprio cidadão, zelando pela facilidade e agilidade de acesso aos serviços digitais e também pela segurança das pessoas ao acessá-los no gov.br web ou no aplicativo gov.br.

A validação bancária é uma forma fácil de entrar na conta gov.br mas já com um nível mais elevado de segurança. É importante esclarecer que qualquer cidadão, ao ingressar no gov.br sem validação facial ou validação bancária, já é nível Bronze, que dá acesso a um bom número de serviços que não são considerados sensíveis ou visados para fraudes.

Use sua conta bancária para obter o nível Prata no gov.br

A partir do dia 7 de março, se tiver valor a receber nos bancos, conforme consulta prévia oferecida pelo Banco Central, o cidadão já vai, no mínimo, precisar da conta nível Prata no gov.br para consultar o valor e solicitar a transferência. O mesmo acontecerá se desejar utilizar a opção de declaração pré-preenchida do Imposto de Renda da Pessoa Física no e-CAC da Receita Federal.

Para que o usuário obtenha o nível Prata, sete instituições financeiras do país já estão integradas à plataforma do governo: Banco do Brasil, Caixa, Sicoob, Bradesco, Santander, BRB e Banrisul. Todos os correntistas destas instituições podem entrar no gov.br acessando ‘Seu banco’.

Como acessar a validação pelo seu banco

1. Acesse o link acesso.gov.br;

2. Escolha em ‘Outras opções de identificação’ a opção ‘Seu banco’;

3. Ao abrir a tela, clique no banco onde tem conta bancária.

Segurança na operação

Nem a plataforma gov.br tem acesso a dados bancários do cidadão, nem o banco acessado recebe informações das pessoas que constam nos órgãos do governo federal. A integração das sete instituições financeiras ao gov.br serve para qualificar a conta do cidadão a partir da conferência de dados já existentes em ambas as partes, aumentando a segurança. Trata-se de uma facilidade e uma proteção ao cidadão.

Saiba mais sobre os níveis da conta gov.br.

Com informações do Ministério da Economia

Fonte: Gov.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do SaquaremaTV em seu e-mail, é de graça!